O que considerar na organização para a melhor idade?


15 Mar
15Mar

Ao organizar o espaço de clientes da melhor idade, a  principal questão é respeitar e priorizar sua autonomia.


Por onde começar?

O primeiro passo durante a visita de avaliação é identificar quais são suas preferências, se necessitam de cuidados especiais e se há restrição de mobilidade além de analisar quais tarefas o cliente realiza de forma independente. Muitas vezes o projeto de organização de idosos é contratado por algum familiar mais próximo, como os filhos ou netos e o nosso papel é encontrar soluções que atendam tanto o cliente da melhor idade, quanto os benefícios que o familiar está buscando.

Qualquer que seja a rotina de um cliente idoso, o fato de priorizar sua autonomia caminhará lado a lado com o respeito a sua condição física atual. 


Mobilidade

Uma das regras válida em todos os projetos é a questão da fácil locomoção. Dispor os itens e mobília de forma que a circulação nos ambientes fique livre, evitará possíveis acidentes e/ou quedas. Se a preferência for por usar tapetes, dar preferência aos antiderrapantes e, para as áreas molhadas como banheiros e áreas de serviço, tapetes emborrachados.




Praticidade

Manter os objetos de uso pessoal ao alcance das mãos é primordial. No armário para roupas, é ideal que o cabideiro esteja à altura dos olhos. Gavetas com roupas íntimas e pijamas, na altura da cintura. 




Visualização

Utilizar uma caixa sem tampa e de cor chamativa para vitaminas e medicamentos facilita a visualização. Imprimir uma tabela com os nomes e horários dos mesmos com letras grandes, auxiliará tanto o idoso quanto cuidador a se atentar à hora certa de tomá-los. Uma caixinha organizadora com dias da semana é interessante para levar em viagens.



Documentação

Uma lista com os medicamentos usuais e telefones de emergência devem estar guardados também na carteira do idoso. Ter uma cópia dos principais documentos e carteirinha do convênio junto aos exames auxilia no momento de uma emergência.


Ordem

Quanto aos exames, uma pasta catálogo pode ser uma ideia para mantê-los em ordem e é importante para eventuais idas ao médico. Recomenda-se guardar no mínimo os três últimos exames de cada tipo, para monitoramento das condições de saúde. Os procedimentos com impressões maiores do tipo raios-X, ressonância, etc devem ser guardados longe da luz, preferencialmente dentro do closet ou maleiro.


Alimentação

Os cuidados com a alimentação merecem reforço nesta fase. A despensa deve ser revisada ao menos quinzenalmente, tanto para reposição quanto para conferir a validade dos alimentos. Já na cozinha, a separação dos itens de uso diário dos de uso eventual é mais específica. Copos, pratos, talheres sempre a mão. Utensílios para cozinhar, próximos ao fogão e a geladeira.




Descarte

É comum clientes de mais idade se preocuparem em guardar muitos objetos de recordação. A organização e categorização destes itens é um processo onde a presença do profissional de organização é essencial, pois nós, Personal Organizers, estudamos e fomos treinados para ter a leveza ao lidar com assuntos sentimentais e ao mesmo tempo utilizar a objetividade na organização, sempre respeitando o tempo e oferecendo segurança ao cliente da melhor idade.


Não pára por aqui!

A longevidade e boas condições de saúde são presentes! Exercitar-se, viajar, participar de clubes e associações faz parte da rotina do idoso atualmente. É preciso desmistificar o fato de que ao atingir a terceira idade, perde-se autonomia e independência. O intuito da organização é permitir que estas características sejam mantidas e adaptadas a esta nova fase. Realizamos organização de malas pré e pós viagem, organização de artigos e roupas de ginástica.




Conte com a OHrganizers neste e em todos os momentos!

Agende sua visita sem compromisso (19) 98451-6720 - Patrícia Seabra ou (19) 97132-7878 Tathiana Machado






Comentários
* O e-mail não será publicado no site.